slide

08 junho 2016

Viagem para Natal-RN parte 01

Em ritmo de viagens...

Quero compartilhar para vocês uma viagem que eu fiz em Outubro de 2015. Tempão né, mas preciso compartilhar essa experiencia com vocês.
Então, ano passado em meados de Agosto, bateu a rebeldia e decidi ir viajar, porem sozinha! Sim, sozinha, sozinha mesmo, sem amiga, namorado, pais, sozinha, euzinha e Deus apenas, louca né?!?!?!. E o destino? não foi fácil pois em momento de crise tudo fica mais salgadinho. Fiquei entre Fortaleza, Porto Seguro, Natal, pesquisei preços, Tio Google sempre ajudando, enfim escolhi NATAL-RN,por que Natal? Porque era o que cabia no meu bolso! Pobre não é fácil.
Tentei fechar pacote com agências de viagens mas ficava o dobro do que fechar no Decolar. Então, fechei o pacote com passagens, hotel, e dois passeios com a Decolar, mais prático, tudo mais simples e rápido.
E a família, aceitou? Gente, mesmo eu sendo maior de idade, ainda moro com meus pais, e não aceitaram de primeira não, porem já estava tudo comprado, era só esperar o dia e partir.
Embarquei dia 13 de Outubro de 2015 de manhã, cheguei em Natal só a noite, viagem longa, tive que fazer escalas, aí demorou. 
Chegando lá, o aeroporto fica 40km da cidade Natal, do hotel que eu fiquei então era mais longe ainda, fiquei hospedada no Hotel Marsallis, muito bom, os quartos são maravilhosos, só achei que o local para tomar café da manhã era pequeno demais, aí se você ia cedo demais, estava lotado e não tinha mesa para sentar, porem o café era uma delícia, com tapioca, omelete, diversas frutas, eu gostei bastante.
Acredito que escolhi um pouco mal a localização do hotel, pois era longe do centro, longe do movimento, longe de bares e pubs, lojas, shoppings, restaurantes, digo longe pois usei apenas minhas pernas para ir nos lugares, quem esta de carro ou de táxi qualquer lugar fica ótimo em termos de localização. Mas por outro lado eu estava sozinha, era melhor fugir da muvuca e evitar eventuais transtornos.
Cheguei por volta das 20h no hotel, gente lá é muuuuuito quente, e muito vento, meu Deus. Mas foi só eu chegar que deu uma chuvarada, mas logo passou, isso é normal lá, dar pancadas de chuvas do nada.
Organizei as coisas no quarto e fui jantar num bar logo a frente do hotel, muito simpático o barzinho, e também tinha um shopping só de coisas artesanais, era o Vilarte Shopping do Artesanato, que ali tem tipo uma pequena praça de alimentação onde toda noite tem uma banda de forró que fica tocando até não ter mais ninguém lá para ouvi-los e dançando. E os preços? Gente como toda cidade turística, nada sai barato não, só se você for comer um pastel numa tendinha na rua. Pedi camarão frito e uma cervejinha, gastei em torno de R$ 50,00. O Shopping tem muito artesanato para quem gosta ou vai levar uma lembrancinha para os familiares.
Minha viagem foi mega curta e durou com a chegada e o dia de ir embora, 4 dias. 
No segundo dia, 14 de Outubro, eu tinha comprado um passeio para a Praia da Pipa. A agência de turismo veio até o hotel por voltas das 08h da manhã me buscar. Um micro cheio de idosos, muito engraçado, ri demais.
Primeira parada foi para conhecer a Praia dos Golfinhos, que foi a única coisa que não vi lá, golfinhos! O dia começou nublado, porem no decorrer o sol aparece.
Tem o bar do jegue na beira mar,  e tem o famoso MIJO DE JEGUE, não tomei não gente, na verdade não vi ninguém se encorajando em tomar hehe a receita é secreta, só tomando para saber se é bom.




Todas as praias de Natal, você tem que descer muitas escadas, e morros, ouvi muita reclamação disso, mas creio que não tem o que fazer alem de descer as escadas para chegar até lá, vão querer um elevador agora?!?!?! 

Saindo da Praia dos Golfinhos que não apareceu um golfinho para simpatizar, partimos a caminho da praia da Pipa, almoçamos no restaurante que tem na entrada, me desculpem eu não gravei o nome do restaurante, mas já vou falar que a comida tava fria pelo preço que paguei, R$ 42,00 sozinha, eu sou gringa e choro pelos preços mesmo! #mejulguem
O resto do tempo era livre, então decidi ir até a beira mar, Praia da Pipa:



No final da descida, nos deparamos com essa lamentável placa:
Por fim chego na tão esperada PRAIA DA PIPA, paradisíaca, porem também teve reclamações, teeeeeeeem muita pedra, pedra grande galera, não vai pensar que é pedrinha, e muita conchinha que doí os calcanhares de caminhar sobre elas, e onde fui tinha muitos barcos de pescas.
Mas a paisagem surpreende. Não fiquei muito no mar pois a mare sobe as 14h e era 13h quando cheguei na beira mar. Pois é, as 14h a maré já ta batendo nos paredões de pedras, é normal isso lá, o sol nasce as 05h da manhã e se poem as 17:30, então tem que ir bem cedo na praia se quer aproveitar, pois a maré sobe cedo e muito rápida. 
Bom vou dividir esse meu post sobre minha viagem em três partes pois mesmo sendo 4 dias, tenho muita coisa para contar para vocês, espero que gostem e em breve posto a parte 02 da minha inesquecível viagem para Natal-RN solita. Fiquem ligados e logo logo vem mais, beijoooos!!!

2 comentários:

  1. Menina, vc simplesmente eh muitoooooo corajosa! Hahaha eu nao tenho coragem de viajar sozinha nao... ja deixei de ir no brasil duas vezes por falta de acompanhante, pois nao conciliava com a disponibilidade de meu esposo haha rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim guria, ninguém queria ir comigo e eu pensei "que saber, vou sozinha". Mas que nada,é muito tranquilo, foi muito bom me curtir um pouquinho hehehe =* =*

      Excluir

 Blog renatamassa.com